Arquivo da categoria: Apple

iPhone agora lê as mensagens do Whatsapp para você

A possibilidade de ditar mensagens para que o próprio smartphone escreva tudo e as envie pelo Whatsapp alegrou os preguiçosos da internet.

Agora uma nova atualização do aplicativo chegou completando a “felicidade ociosa” de um parte dessa galera. A Siri (iOS) agora pode ler em voz alta as últimas mensagens recebidas.

A nova função só estará disponível para aqueles que atualizarem o app para a versão 2.17.2, compatível apenas para os aparelhos com iOS 10.3. Tudo o que deve ser feito, depois de habilitar a ferramenta no menu de configurações do aparelho, é usar a assistente virtual. Por isso, deve ativar a integração do aplicativo com o sistema operacional da Apple.

Acesse “Ajustes” > “Siri” > “Suporte do Aplicativo” e selecione “WhatsApp”, que precisa estar ativado.

Para ativá-la, pressione o botão “Home” (ou fale “E aí Siri”, caso esteja configurado).

Depois basta dizer “Ler mensagens no WhatsApp”.

Tentamos falar outras coisas, mas não deu certo.

– Três tentativas que não deram certo.

Depois de ler, a assistente virtual pergunta se quer responder; basta dizer “SIM” e na sequência ditar a mensagem (se essa função estiver configurada).

Pode parecer uma função irrelevante, mas pense na quantidade de (possíveis) acidentes de trânsito que poderão ser evitados com o uso da nova ferramenta, já que agora será possível conversar pelo aplicativo sem (quase) encostar no celular – e mantendo os olhos na estrada.

Também, claro, devemos ressaltar a importância da novidade aos deficientes visuais, que poderão utilizar o app de maneira mais prática e eficiente.

A novidade, que já havia sido anunciada em junho de 2016, faz parte de uma iniciativa da Apple para que os desenvolvedores dos aplicativos criem mais interações entre a Siri e aplicativos terceiros.

Fonte(s): Catraca Livre, Tecmundo, G1
Imagem de capa: Montagem – RTS
Etiquetado , , ,

O CABO ESTRAGADO DO IPHONE PODE SER SUBSTITUÍDO DE GRAÇA

apple-com-cabo-quebrado-mgssolucoes

Os cabos do iPhone vivem dando problemas. Fato!

Mas saiba que se teu cabo do carregador, fones de ouvido ou cabo lightning apresentar qualquer tipo de “zica”, você tem o direito de trocá-lo por um novinho em folha, ou melhor, “novinho em fio”.

Todos esses cabinhos podem ser trocados gratuitamente por novos, desde que estejam ainda no prazo de garantia, ou seja, precisam ser originais. Tanto os que acompanham um outro produto, como celulares ou tablets, como os comprados individualmente, devem ser substituídos na hora pela loja oficial ou pela assistência técnica autorizada da Apple.

Para fazer a troca, basta levar em um desses locais a nota fiscal, embalagem do produto e o cabo com defeito. Mas certifique-se de que ainda esteja no prazo de validade e de se tratar de um cabo original da Apple.

Se você está com problemas com seus cabos ou fones, procure a loja ou assistência técnica autorizada Apple mais próxima de você.

A troca deverá ser feita na hora em qualquer loja Apple autorizada.

Redação – SOS Solteiros

Etiquetado , , , , , , ,

Apple abre loja no aeroporto de Guarulhos com preços mais baixos

dscn6737

Quer comprar um iPhone no Brasil, mas pagar mais barato do que nas revendas oficiais? Basta fazer uma viagem internacional. Parece absurdo, mas é real. Isso acontece porque a Apple abriu uma loja no terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos, que vende o iPhone a preços menores do que os oficiais.

Inaugurada no último dia 15 em parceria com a Dufry, operadora do free shop do aeroporto, a loja traz preços um pouco mais altos do que os cobrados nos Estados Unidos, mas ainda bem menores do que os praticados no Brasil, mesmo com a cotação do dólar bastante desfavorável.

Um exemplo é o iPhone 6 de 16 GB, o modelo mais barato. Ele é oferecido nos EUA por US$ 650 e impostos adicionais que variam de estado para estado. Na loja do aeroporto, ele será vendido por US$ 735, ou algo em torno de R$ 2,5 mil. Como aponta a Folha de S. Paulo, o valor é 27% inferior ao cobrado pela própria Apple em seu site oficial no Brasil.

Outro exemplo é o iPhone 6 Plus de 16 GB, vendido na nova loja por US$ 850, enquanto nos EUA ele sai por US$ 750 mais impostos. Assim, o aparelho sai por cerca de R$ 3 mil, o que é 30% mais barato do que o sugerido pela Apple em seu site oficial nacional.

Resta saber se será possível manter-se operando livremente. No ano passado, a FNAC do aeroporto prometeu vender eletrônicos livre de tributos, o que acabou barrado pela burocracia com a Receita Federal.

Etiquetado , , ,

Galaxy Note 5 e S6 Edge+: os phablets mais bonitos que a Samsung já fez

Quem procura celular de tela grande certamente já se questionou, mesmo que rapidamente, sobre a possibilidade de adquirir um Galaxy Note. Afinal de contas, foi o aparelho que lançou a nova era dos “phablets”, além de sempre contar com tudo o que de melhor a Samsung pode fazer para um smartphone.

A quinta versão não é diferente, concentrando tudo que de mais potente a companhia coreana consegue colocar em seus aparelhos. Desta vez, ela também chega junto de um irmão diferente, o S6 Edge Plus, que conta com os cantos da tela curvada.

Design

Há, neste ano, um porém. A identidade visual do Galaxy Note foi reformulada para se adequar ao padrão implantado no S6, com traseira de vidro e uso de material metálico, depois de muitos anos de plástico. Não é algo ruim: o S6 e o S6 Edge foram o celular mais bonitos já produzidos pela Samsung, e levar isso adiante com o Note não é nada além do que o passo mais lógico.

Reprodução

O problema vem quando você olha que a Samsung também levou o principal defeito do S6 para o Note, que é a ausência do slot para cartão microSD, o que um dia já foi uma das principais características positivas dos produtos da empresa.

Feitas estas ressalvas, é interessante observar um detalhe: o Note 5, tem os cantos na sua parte de trás curvados, o que facilita o encaixe na mão e dá a impressão que o celular é um pouco menor, já que ocupa menos espaço. É uma sensação importante quando o aparelho que você está manipulando tem mais de 5,5 polegadas.
Especificações

A Samsung nunca se preocupou em economizar especificações em seus tops de linha, e o Note 5 não é exceção (o mesmo vale para o S6 Edge Plus). Com um processador Exynos 7420 de 64 bits de oito núcleos e 4 GB de memória RAM, não é surpresa que tudo funcione muito rápido no aparelho, mesmo com a TouchWiz, que normalmente atrasa a vida de quem possui aparelhos da companhia.

A câmera traseira de 16 megapixels conta com estabilização óptica de imagem, o que é sempre muito bem-vindo, principalmente para aqueles que (como eu) tendem a tirar fotos tremidas com o celular. No entanto, é basicamente a mesma coisa que foi apresentada no S6 em abril, portanto não chega a ser revolucionário, mas é uma evolução em relação ao Note 4, do ano passado.

Reprodução

Software

Sobre software, é notável que agora os ícones do sistema são arredondados, algo pouco convencional. Um pequeno destaque é um novo recurso que permite capturar uma tela inteira de uma vez, o que simplifica a vida de quem precisa guardar uma longa lista de instruções, como por exemplo, as orientações curva a curva de como chegar a algum lugar. Também é interessante notar que a câmera do smartphone é capaz de transmitir vídeo ao vivo pelo YouTube, o que já existia em outros aparelhos de outras companhias (olá, Xperia Z), mas nunca houve nada do tipo nos celulares da Samsung.

Um detalhe que pudemos observar, é que foi possível desativar boa parte dos aplicativos pré-instalados no aparelho, permitindo que o usuário libere um pouco de armazenamento com o que ele não usar regularmente.

Além da estética, não há muito de novo em comparação ao que a Samsung já apresentou com o Galaxy S6; os aparelhos estão bastante similares em relação a desempenho, câmera e tudo mais. O que segue diferente é a S-Pen, marca registrada da linha Note, esta sim, ganhou mais funcionalidades. Vale também observar: a S-Pen não está no S6 Edge Plus, apenas no Note 5.

Reprodução

A caneta, agora clicável (para o desespero de quem convive com um clicador compulsivo), permite rabiscar na tela do celular, mesmo que ela esteja desligada, o que é uma mão na roda para fazer uma anotação rápida. Basta removê-la do aparelho, escrever o que quiser na tela e pressionar o botão Home para salvar. O menu de ações chamado pela caneta foi renovado, embora ainda seja bastante familiar.

 

S6 Edge Plus
Reprodução

Sejamos honestos: é um S6 Edge gigante, com o diferencial de contar com as mesmas especificações do Note 5 sem a caneta. E o S6 Edge já é uma versão do S6 com as laterais da curvadas, sem muito a mais para acrescentar.

A Samsung tenta vender aquele espaço extra como uma inovação, mas até agora não apresentou muitos recursos realmente úteis para colocar ali, e isso não muda com o novo aparelho. Suas principais funções incluem o acesso rápido a contatos e aplicativos que você acesse com mais frequência. Além disso, quando o aparelho está encostado na mesa com a tela virada para baixo, uma luz específica para um contato pode piscar quando esta pessoa estiver ligando.

No entanto, ainda é um aparelho bastante elegante, parte do line-up de smartphones mais bonitos que a Samsung já fez.

Reprodução

10 funções dos novos Galaxy que os iPhones ainda não têm

apple-vs-samsung1

A Samsung anunciou hoje dois novos membros da família Galaxy: o Galaxy Note 5 e o Galaxy S6 Edge+. eles encaram bem qualquer um dos tops de linha das outras principais fabricantes, como LG, Motorola e Sony.

A maior concorrente da Samsung, porém, é a Apple. O design arrojado dos smartphones da linha Edge da empresa coreana pode até ser pensado como uma tentativa de se aproximar da inovação e simplicidade características da empresa da maçã.

A Apple deve apresentar em breve os próximos iPhones, que talvez sejam os grandes rivais dos novos membros da família Galaxy. Por enquanto, porém, os smartphones da Apple estão devendo algumas funcionalidades aos da Samsung. O Business insider fez uma lista com algumas delas. Veja abaixo:

Abrir mais de um aplicativo por vez

Todos os smartphones da linha Galaxy Note permitem que mais de um aplicativo seja aberto por vez. Os iPhones, porém, ainda não tem essa capacidade (o iPad Air 2 logo receberá uma funcionalidade parecida, no entanto)

Ligar a câmera apertando o botão Home duas vezes

Os iPhones também possuem um atalho para a câmera, mas é necessário ligar a tela para utilizá-los, o que os torna um pouco menos conveniente.

Adicionar Widgets à tela principal

Você pode customizar a página inicial dos msartphones da Samsung com os widgets que você escolher. Os dispositivos da Apple até têm algo semelhante para o menu de notificações, mas não para a página inicial.

Carregar a bateria sem fios

 

O Note 5 e o S6 Edge+ são compatíveis com uma tecnologia de carregamento sem fio da bateria. Os iPhones ainda precisam ser conectados para se energizar.

Acessar aplicativos por meio da Stylus

O Note 5 vem com uma canetinha Stylus da Samsung que tem algumas funcionalidades especiais. Entre elas, você pode acessar aplicativos do smartphone apertando um botão na Stylus. Mesmo as canetinhas para iPhone que você conseguem comprar não têm nenhuma funcionalidade desse tipo.

Desenhar na tela desligada

 

Ainda usando a Stylus, você consegue desenhar na tela desativada do dispositivo. É útil caso você precise ilustrar rapidamente alguma coisa.

Printar uma página inteira

Embora maioria dos smartphones (inclusive os iPhones) permitam que você tire um print da tela, os novos da Samsung permitem que você copie uma página da internet toda de uma vez, em vez de precisar tirar vários prints.

Criar atalhos para aplicativos e contatos favoritos

 

O Galaxy S6 Edge+ permite que você crie atalhos para os aplicativos que você mais usa e as pessoas para quem mais liga, e deixe-os acessíveis a um toque na lateral curvada do dispositivo.

Transmitir vídeo ao vivo para o Youtube

O aplicativo de câmera dos novos aparelhos da Samsung têm uma opção que permite que o vídeo gravado nelas seja transmitido, ao vivo, para o Youtube.

Mostrar a tela do seu smartphone no computador

Graças à função SideSync, os smartphones novos da Samsung conseguem projetas suas telas no desktop de computadores (inclusive os da Apple). É possível até mesmo usar essa função para arrastar e largar arquivos do seu computador no celular (e vice-versa)

Etiquetado ,

Apple corta o preço de 100 aplicativos na App Store

Appstore1

Para tentar impulsionar a venda de aplicativos na App Store, a Apple lançou a promoção “100 apps & games at new low prices”. Na tradução literal, são 100 aplicativos e games que ganharam preços mais baixos para venda online.

A promoção abrange grandes títulos que fizeram sucesso no sistema iOS com preço único: US$ 0,99 – uma estratégia bem conhecida da empresa de Tim Cook. Levando em conta que alguns dos aplicativos disponíveis são vendidos fora da promoção a cerca de US$ 5.

Ou seja, vale a pena dar uma fuçada na lista, quem sabe aquele tão almejado aplicativo, mas que custava os olhos da cara, agora possa caber no seu bolso – literalmente.

Entre os aplicativos em promoção por US$0,99 estão o Pixelmator, um bom editor de imagens para iPad que custa em média US$ 5, o Facetune, um editor de selfies que também beira a casa dos US$ 5, Angry Birds, Real Racing 2, o jogo premiado LIMBO e o lançamentoGoat Simulator (originalmente vendido a US$ 5 também) para iPhone.

Clique aqui para acessar a App Store no smartphone e confirir a nova promoção da Apple.

Etiquetado , ,

Dicas: como migrar do iPhone para o Android e do Android para o iPhone

blog_cover_iosandroid (1)

Não está satisfeito com seu celular? Pensa em “virar a casaca” e sair do Android para ir para o iPhone ou fazer o caminho inverso e deixar o jardim da Apple para ir para o quintal do Google? Há algumas coisas que você deve saber e estar preparado para fazer antes disso.

O que você vai fazer com suas músicas? E suas fotos? E seus contatos? São coisas a se considerer antes de fazer a migração. Por isso, reunimos as dicas abaixo.

Do Android para o iPhone

– Transferindo contatos: tenha certeza de que salvou seus contatos em sua conta do Google. Isso facilitará MUITO o processo de migração de uma plataforma para isso. Se você fez isso, basta acessar entrar em Ajustes > Mail, contatos e calendários e adicionar sua conta do Google. Certifique-se de permitir a sincronização de contatos. Agora os seus contatos gravados na sua conta também estão no iPhone.

– Transferindo apps: Infelizmente você está sem sorte, porque não há modo fácil de fazer isso. Você vai ter que baixar de novo todos os aplicativos que você tinha no Google Play agora na App Store. Inclusive, se você comprou um app na loja do Google, você provavelmente vai ter que recomprá-lo na loja da Apple. O mesmo vale se você fizer o caminho inverso.

Transferindo fotos e vídeos: Há alguns métodos de se fazer isso, utilizando aplicativos específicos como o Copy my Data e o PhotoSync, que permitem a transferência direta de um celular para outro, ou então apostando em serviços de nuvem como o OneDrive, Google Drive, Dropbox e até mesmo o recém lançado Google Fotos que faz bem a função de sincronização em vários dispositivos.

Você também pode usar o iTunes para isso, passando as fotos do seu celular Android para o computador, sincronizando-as com o programa e em seguida transferindo-as para o iPhone.

Transferindo músicas: Se você não usa um serviço de streaming e ainda coloca as boas e velhas mp3 no seu celular, o princípio é o mesmo do item acima: você precisa do iTunes. Não é difícil, basta sincronizar as músicas que você tem arrastando-as para o iTunes e depois passá-las pelo iPhone. Depois de plugar o celular no PC, abra o programa, entre no seu iPhone e em Música, escolha se quer passar toda a biblioteca ou apenas alguns artistas e faixas.

Do iPhone para o Android

Transferindo contatos: Como os serviços da Apple não conversam muito bem com o Android, o melhor jeito de transferir contatos é pelo iTunes. Conecte o iPhone ao PC e, no programa, clique no iPhone no canto superior direito. Abra a guia Informações e marque a caixa Sincronizar contatos com. Em seguida, selecione Contatos do Google e digite seu login e senha quando for pedido. Seus contatos serão integrados à conta do Google. Basta utilizá-la no seu novo Android.

Transferindo apps: Mesma coisa do caminho do Android para o iPhone: não há jeito simples. Você tem que baixar tudo de novo, um por um, e recomprar os apps que você tenha comprado na outra plataforma.

Transferindo fotos e vídeos: Se você não usa nenhum serviço em nuvem (OneDrive, Google Drive, Dropbox e até mesmo o recém lançado Google Fotos), o jeito mais simples de fazer isso é plugando o iPhone no PC e copiando a pasta de fotos pelo Windows Explorer para o seu computador. Em seguida, conecte o celular Android no PC e aproveite a liberdade de usar o aparelho como armazenamento e guarde lá as fotos que você tirou do seu iPhone.

Transferindo músicas: Outro passo bem simples, permitido pela técnica do drag-and-drop. Encontre a pasta do seu computador onde estão armazenadas as músicas e simplesmente arraste os arquivos para o diretório Music do seu Android, que deve estar conectado pelo USB. Você também pode usar o aplicativo Airdroid para realizar a tarefa via Wi-Fi.

Etiquetado , , ,

Apple e Samsung se unem para matar o chip de celular

20150716152935_660_420

O SIM card está morrendo, e sua falta provavelmente não será sentida. Depois de anos diminuindo progressivamente de tamanho, Apple e Samsung, as duas maiores fabricantes de smartphones no mundo, estão discutindo com a indústria de telecomunicações o fim do tradicional chip, que dará lugar a uma solução virtual.

Segundo o Financial Times, as empresas conversam com a GSMA, associação que controla o sistema telefônico GSM, usado pela maioria das operadoras de telefonia no mundo. O objetivo é a criação do E-SIM, que, de forma resumida, permite que o usuário troque a operadora do celular sem precisar trocar o chip do seu aparelho.

A sigla E-SIM se refere a “embedded SIM”, cuja tradução seria “SIM incorporado”. O nome dá a entender que o usuário não teria mais acesso ao chip do celular. No entanto, isso também não seria necessário, já que você pode trocar de operadora sem precisar mexer no seu smartphone.

O primeiro passo já foi dado pela Apple há pouco tempo, com o iPad Air 2. Nos EUA, é possível optar pelo Apple SIM, uma solução própria para o cartão SIM virtual. No entanto, o impacto na indústria não foi muito grande, e as operadoras não abraçaram a ideia.

O E-SIM não deve ser um padrão imediato, e o chip tradicional deve continuar sendo dominante por algum tempo, porque ele ainda é muito usado no mundo todo. No entanto, várias grandes operadoras já estão no barco, como AT&T, Deutsche Telekom, Etisalat, Hutchison Whampoa, Orange, Telefónica, Vodafone. Se mais fabricantes e operadoras decidirem apoiar o padrão, o chip SIM como conhecemos hoje deve morrer em alguns anos.

Etiquetado , , ,

Os 15 melhores recursos do iOS 9

ios9-logo-poging2-16x9

Na semana passada a Apple lançou uma versão beta pública do iOS 9. A atualização traz uma série de novidades, como um app de notícias, novos recursos multitarefa e uma assistente pessoal mais inteligente.

Confira abaixo 15 recursos interessantes do novo sistema da Apple:

1. Sugestões de pesquisa
O novo menu de pesquisas do iOS funciona de uma maneira bem parecida com o Google. Ao deslizar para a direita na tela inicial o usuário receberá ainda um conjunto personalizado de recomendações de apps e notícias, com base nos hábitos e na hora do dia.

2. Troca de apps
A tela de troca de apps agora fica na vertical, o que torna mais fácil alternar as janelas e mostra de maneira mais dinâmica o que está aberto. O recurso também removeu os atalhos de contatos que ficavam na parte superior da tela.

3. Siri: questões contextuais
O iOS 9 trouxe mudanças à Siri. Agora a assistente consegue responder perguntas fazendo pesquisas na web. É possível ainda dar sequência às perguntas, obtendo respostas com base nas questões anteriores.

4. Siri: melhoria nas pesquisas
A Siri também está muito melhor na pesquisas de conteúdos do smartphone. Ela é capaz de responder rapidamente a solicitações como “me mostre fotos de junho do ano passado”.

5. App de notas
O app de notas conta com uma série de novas opções de formatação. É possível adicionar fotos, mapas e até rabiscos aos textos escritos.

6. Mapas
A Apple está começando a trazer rotas de transporte público para o seu aplicativo de mapas. Por enquanto, a novidade está disponível apenas nas cidades de São Francisco, Nova York, Washington, Baltimore, Chicago e Filadélfia, nos Estados Unidos, mas deve ser expandida a outros locais em breve.

7. Busca no app de mapas                                                                                                                                 A busca dentro dos mapas também foi modificada, trazendo novas sugestões de pesquisa por pontos de interesse, dependendo da localização do usuário.

8. Notícias                                                                                                                                                         Com base nas escolhas de veículos e editorias de interesse do usuário, o app consegue realizar uma curadoria e sugerir histórias. O aplicativo também é capaz de recomendar textos com base nas notícias lidas e, de acordo com a apple, fica mais apurado com o passar do tempo.

9. Menu de configurações
O menu de configurações agora é pesquisável. Agora basta digitar o item que deseja ajustar para ir diretamente para ele.

10. Menu de notificaçõesAo invés de organizar notificações por aplicativo, o iOS 9 exibe as notificações cronologicamente.

11. Pesquisa mais inteligenteAlém de pesquisar o conteúdo do seu telefone e realizar pesquisas básicas na web, a busca pode também realizar cálculos e conversões simples.

12. Álbum de selfies
As fotos contam agora com um álbum com todas as selfies tiradas pelo usuário.

13. TecladoO teclado nativo do iOS agora mostra as letras em maiúsculas e minúsculas, de acordo com o que está selecionado. Apesar de ser uma pequena mudança, é possível notá-la imediatamente.

14. Navegação entre aplicativos
Este recurso funciona como uma espécie de botão “voltar”. Ao alternar entre aplicativos, o sistema oferece um menu de navegação no canto superior esquerdo que permite voltar para o app anteriro.

15. Sugestões de aplicativos
No iOS 9, a Siri passa a oferecer automaticamente sugestões de apps, com base nos hábitos e horários do usuário.

Etiquetado , ,

Apple libera versão beta do iOS 9

ios-9-825x510

A Apple liberou hoje a versão beta pública do iOS 9 para os usuários. Essa é a primeira versão de testes do sistema, liberada tanto para desenvolvedores quanto para usuários. Entre as novidades estão melhorias no consumo de bateria, no teclado, adição de rotas de transporte público no app de mapas e uma assistente pessoal mais assertiva.

Como instalar?

Quem desejar testar o ios 9 deve acessar o site de softwares de teste da empresa e se logar com uma conta do iCloud. A atualização pesa 213 MB e, caso não haja espaço disponível, a Apple pergunta se pode apagar alguns apps. A empresa ressalta que eles reaparecerão depois que a instalação for concluída. Depois de confirmar e autenticar a instalação, basta aguardar o download.

Atenção: Uma versão beta pode apresentar bugs e travamentos no sistema. Certifique-se de que realmente deseja instalar o ios 9. A própria Apple sugere que o beta seja instalado em dispositivos secundários.

Etiquetado , ,
%d blogueiros gostam disto: