Ranking de velocidade da Netflix tem novo líder

internetinchada

A Netflix liberou hoje o seu relatório mensal de velocidade de transmissão das diferentes operadoras do Brasil. A novidade dete mês é que, pela primeira vez desde janeiro, a TIM não aparece na liderança.

Em junho, a provedora GVT assumiu a primeira posição do ranking, com uma velocidade média de transmissão de 3,32 Mbps. Mas a TIM, tradicional vencedora, não ficou longe: sua média no mês ficou em 3,31 Mbps. Trata-se da primeira vez que a TIM perde a liderança desde tê-la assumido em maio de 2014.

As demais operadoras mantiveram, todas, as mesmas posições desde o começo do ano. Em terceiro lugar está a NET Virtua, com média de 3,08 Mbps; em seguida, a Algar, com velocidade média de 2,48 Mbps. O Provedor Oi Velox ocupa a quinta posição (1,77 Mbps) e, na lanterna, está a Telefônica, com média de 1,26 Mbps.

No começo de 2014, a Oi ainda mostrava médias de velocidade inferiores às da Telefônica. No entanto, desde agosto daquele ano, a Telefônica ficou por último. A média obtida pela Telefônica em junho foi o pior resultado de sua história, e o segundo pior desde os inícios das medições do Netflix.

A troca de liderança no relatório é a primeira mudança de posições entre as operadoras neste ano. Ainda assim, a evolução das médias de transmissão de cada operadora podem ser visualizadas aqui.

Netflix anuncia filmes originais e ameaça Hollywood

netflix-logo

A Netflix deve se tornar em breve uma grande produtora de filmes originais, desbancando os estúdios de Hollywood. Nos últimos meses, o serviço de streaming anunciou a produção de diversas séries originais, ampliando as produções exclusivas. A ideia é solidificar a marca como produtora de conteúdo exclusivo, e não só de streaming de títulos já existentes. Séries como “Orange is the new black” e “House of cards” já atraem o público e o objetivo é fazer o mesmo com os fimes.

Nesta semana, a empresa anunciou que vai produzir “Beasts of No Nation”, estrelado por Idris Elba.  Baseado em um livro do nigeriano Uzodinma Iweala, o longa contará a história de uma criança arrancada de sua família durante a guerra civil em um país africano. O filme será lançado em 16 de outubro no Netflix e tabém em salas de cinema nos Estados Unidos. O modelo da empresa garante os salários de produtores, atores e pessoas que trabalham na produção independentemente da bilheteria no cinema.

Depois de “Beasts of No Nation”, serão lançados quatro filmes de Adam Sandler. O primeiro deles, “The six ridiculous”, sairá em 11 de dezembro deste ano. Mais títulos são a sequência de “O tigre e o dragão”, no começo de 2016 e “Pee-wee Big Holiday”, com lançamento previsto para março de 2016.

O Netflix já superou os 62 milhões de usuários em todo o mundo e, de acordo com rumores, teria investido até US$ 60 milhões em uma única produção: “War Machine”, um drama David Michod-dirigido, estrelado por Brad Bitt.